Páginas

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Resenha: sombras no Asfalto (Luís Dill)



Autor: Luís Dill      
      

Para Coralina, uma jovem de dezesseis anos, acordar era penoso, um processo lento, que começava com o despertador, seguido da voz da mãe a lhe chamar, a luz do abajur, as notícias que o pai escutava na cozinha, os sons que saíam do computador do irmão. Mas, um dia, ela desperta e não há nada disso, apenas o ronco do motor de um caminhão. Cora se vê sozinha em um quarto de motel de beira de estrada, com um buquê de rosas vermelhas, uma sacola cheia de dinheiro e uma perna mecânica em cima da cama. Usava um vestido velho, que havia ganhado do avô, e estava descalça. Coralina não tem a resposta para o que aconteceu. Não sabe como foi parar naquele lugar, e vai tentar voltava para casa. No entanto, esse é apenas o começo de uma jornada assustadora, e cada vez mais misteriosa, por um mundo estranho. O telefone do quarto toca e uma voz desconhecida aconselha Coralina a correr, fugir pela janela. Enquanto isso, alguém bate à porta, uma pessoa estranha que vai passar a perseguir a garota. Ao longo desse dia anormal, Coralina vai contar com a ajuda de um casal de idosos e de um garoto da sua idade, todos com atitudes suspeitas.



   Eu encontrei esse livro na biblioteca da minha  escola, gostei de primeira da sinopse porque eu amo livros de mistério, outra coisa que me levou a lê-lo era que eu  achava que já tinha lido algum outro livro desse autor e tinha gostado muito, eu só não conseguia lembrar qual era, quando cheguei em casa e olhei direitinho eu vi que era verdade eu já li outro livro e até indiquei para vocês(leia aqui ), então eu me empolguei para ler...

   A história promete ser muito boa e acho que tinha tudo para ser, ela foi me prendendo de um jeito que terminei de ler  no mesmo dia, mas infelizmente posso dizer que me decepcionei. A história começa de um jeito confuso, mas tudo bem por ser um livro de mistério, o problema é que  o enredo todo é meio confuso, os fatos se ligam sem muita explicação e no final onde tudo é revelado, embora seja realmente  muito surpreendente, as coisas não ficam claras, a revelação é feita muito de repente e você não tem tempo nem pra se acostumar  com a ideia, pode até ser que esse seja o propósito do livro, fazer a gente pensar e ficar intrigado ligando todos os fatos que acontecem durante a história  com aquele final mas pra mim ficou confuso demais, eu acho até meio difícil falar porque não quero estragar a surpresa para quem for ler, então o que posso dizer sobre a história é que foi surpreendente, talvez até surpreendente demais pra mim...
    Agora uma coisa que merece nota 10 no livro é a arte, eu fiquei simplesmente encantada com todos os detalhes nas páginas, vocês precisam ver! Cada coisa que vai acontecendo na história vai sendo ilustrado de um jeito único, por exemplo se a cena se passa no escuro a página é preta, se tá chovendo em uma determinada cena, a pagina é toda ilustrada com pingos de chuva, muito legal não é? Achei muito caprichado essa parte, me parece que o livros do Luís Dill sempre tem alguma coisa diferente ( o outro livro que li dele "Do coração de Telmah" é todo escrito em twitters !)  
    Em fim pelas razões que já falei pra vocês eu particularmente não gostei da história, mas isso é apenas minha opinião, quem sabe vocês lendo não tem  uma visão completamente diferente não é?  E para quem já leu o que acharam ?

                                                                                                                                   

                                                                                                                                        
                                                                                                                                      


8 comentários:

  1. eu acabei de ler agorinha, amei só não entendi o final do livro, peço sua ajuda, por favor me explique porque eu realmente nao entendi :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Bom, eu também não entendi muito bem o final, entendi que ela morreu, mas não sei exatamente o que significa quando ela entra no carro, acho que isso fica por conta da imaginação de cada um. Beijos...

      Excluir
  2. Pelo amor de Deus , que livro TOOOOP ! Não conseguia parar de ler sabe... Mas gente , porque aquele final ? QUERO MORRER ! To em choque até agora . Não entendi se ela realmente tava morta ou se ela sei lá tava sonhando... Mas na boa o livro é MARAVILHOSO !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, que legal que gostou do livro! embora eu não tenha gostado muito, como disse na resenha, também não consegui parar de ler até terminar, bem, pelo que entendi ela realmente morreu!
      Beijos... :)

      Excluir
  3. Pergunta: a Cora morre no fim, por que, Tipo, Eu li, mas não ficou muito claro o final, entao. Ela morre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata! Pelo que entendi ela morre sim, a história se passa enquanto ela está em coma e no final ela morre, mas o fim ficou meio confuso para mim também. Obrigada por comentar.
      Beijos! :)

      Excluir
  4. Eu tambem lir e amei ' ela estava em coma e logo morre '

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, que bom que gostou da história e obrigada por comentar!

      Beijos! :)

      Excluir